sexta-feira, 9 de julho de 2010

Uma luz

Os homens lutavam bravamente para devolver ao mar a pequena baleia que havia se aproximado perigosamente da praia, enquanto a maré e o sol baixavam lentamente.
A torcida se formou na Av. Beira Mar. Começou dentro dos automóveis e se espalhou pelo areal. Houve congestionamento, mas ninguém disse qualquer palavra.
O olhar doloroso do bicho cravou um melancólico silêncio nas almas.
Uma esperança luziu sobre a humanidade e se estendeu sobre as baleias, a areia e o mar.

Nenhum comentário: