segunda-feira, 13 de junho de 2011

Heróis da Resistência

Já de algum tempo, retribui-se a inteligência com o descaso, a genialidade com o isolamento e a sensibilidade com a pilhéria.

Vibrações de amor e de bondade enfrentam com bravura o ceticismo. O pensamento crítico, não raro, encontra a perseguição.

Nessa rota em que seguimos, alcançaremos o dia em que a plena convivência humana estará refém da imbecilização geral e irrestrita. Quiçá, sem expectativa de breve retorno à busca do luminoso elo entre razão e sentimento.

Aos amigos poetas e escritores Cláudio B. Carlos (CC) e Cleber Pacheco.

2 comentários:

cleber pacheco disse...

Obrigado.amigo.Compreensão neste mundo é tão raro,que merece louvor.
Um abraço.

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Muito triste, mas é o que é.

Abraço.